sexta-feira, 19 de dezembro de 2014

Exageros de Natal comer ou não comer?



O Natal está mesmo a chegar, e com ele, todos os pratos e doces típicos desta época. Rabanadas, bolo-rei,filhoses, letria, arroz doce, sonhos, bacalhau e tantos outros doces são o motivo para preocupação para quem quer perder peso e também para quem quer manter.

Geralmente no Natal cometemos excessos na comida e alimentação muito calórica, basicamente. No Natal, sabe sempre bem quebrar as regras de uma alimentação saudável, até porque a ocasião perdia toda a piada sem os doces tradicionais. Esta é uma altura em que há maior tendência para os excessos com a ingestão de bebidas, consumo elevado de sal, de açúcar e de fritos.

O normal é maior parte de nós arranjarmos sempre desculpas para comermos nesta altura sem arrependimentos, porque é um momento de festa, porque o ano está a acabar, porque adoram as sobremesas do Natal e por aí adiante… 

No entanto, na minha opinião o problema está também no comportamento de cada um, que acaba por levar ao exagero alimentar. Não é a ceia de Natal que temos de mudar, mas sim o nosso comportamento na hora da refeição.

Então o que fazer para controlar o peso e promover a saúde numa época como esta?

  1. Na minha opinião em primeiro lugar, não devem deixar de comer na consoada só pela perda de peso, isso está errado!!! A insatisfação leva-nos a compensar noutro momento qualquer, já passei por isso e sei bem o que é.
  2. Lembrem-se que o Natal são apenas 2 dias e não o mês todo de dezembro (=
  3. Nas refeições principais como o bacalhau optar pelo tradicional ( cozido acompanhado com bastante legumes, batata cozida e ovo.
  4. Na preparação das sobremesas, reduzir o açúcar e gordura. Use antes açúcar amarelo ou mascavado, e substitua o leite meio gordo por magro e as natas por natas de soja ou iogurte natural.
  5. Manter os horários normais continuando a tomar um bom pequeno almoço, pois tomando um bom pequeno almoço ajuda a controlar o apetite durante todo o dia.
  6. Evitar longos períodos de jejum, antes do almoço ou jantar, comer uma peça de fruta ou uma sopa para controlar o apetite.

Se estás a fazer reeducação alimentar ou queres manter o teu peso, não te preocupes se não resistires a uma rabanada, arroz doce, fatia de bolo rei etc.... Estes doces oferecem o prazer único em dois dias do ano de uma consoada tradicional, recheada de aromas e sabores fantásticos e característicos e que valem a pena desfrutar.

Na minha opinião as festas são para aproveitar e não ficarmos com remorsos de ver os outros a comemorar. Basta terem alguma atenção e depois do natal voltarem a vossa rotina normal.

Se engordarem 2 quilos.... eu também já engordei, mas depois importa é não tornarmos como hábito essa rotina, e sim voltarmos a uma rotina diária saudável.

E não esquecer de fazerem Exercício Físico ehehehheheeh (=




Feliz natal a todos!!!

E não se esqueçam Sejam Felizes....Sejam Saudáveis (=

segunda-feira, 15 de dezembro de 2014

Passatempo "La Gondola na Sua Mesa de Natal"




Em parceria com a La Gondola, os blogues Nárwen's Cuisine, Prazeres Saudáveis, Histórias e AromasYammi Receitas e Menos Peso têm fantástico prémio gourmet composto por diversas conservas da marca.
Não perca tempo e habilite-se a este magnifico prémio que irá deliciá-lo neste Natal!


Para se habilitar ao prémio, deve:

  1. Partilhar o post (clique aqui) no facebook em modo público no seu mural;
  2. Deixar comentário no post original do passatempo no facebook, dizendo a frase Passatempo "La Gondola na Sua Mesa de Natal" e indicando o nome de 3 amigos identificados.
  3. Gostar das seguintes páginas de facebook :


La Gondola

Nárwen's Cuisine

Prazeres Saudáveis


Yammi Receitas
Cada pessoa poderá participar uma única vez (se houver mais participações só a primeira será contabilizada);

O passatempo tem início hoje, dia 15 de Dezembro, e termina no dia 22 de Dezembro. O vencedor será eleito via Random.org e anunciado tão breve quanto possível. Posteriormente será contatado para a entrega do prémio.

O Passatempo é válido apenas para Portugal Continental e Ilhas.



Vamos lá participar e partilhar!!! 
Boa Sorte!!!


quarta-feira, 3 de dezembro de 2014

Hambúrguer de Quinoa


Cada vez mais existem pessoas a levarem marmita para o trabalho.

Nos tempos que decorre, é uma forma muito mais econômica e sem dúvida alguma muito mais saudável.

Pessoas tal como eu já estive, que fazem dieta ao levar a marmita para o trabalho é uma forma de comerem comida mais saudável, não significa que no restaurante não comam saudavelmente, mas não conseguem fugir muito aos simples grelhados, cozidos e saladas....

Uma das principais  razões ao qual eu perdi tanto peso, e consegui até hoje o manter é por ir sempre variando as comidas, de forma a não enjoar.

Tudo o que fazemos na vida contrariados, nunca corre certo... assim é se comermos comida saudável só porque tem de ser.... muito tempo a dieta não irá durar.



Quando recebi a revista da Teleculinária (Saúde à Mesa), onde a mesma tem receitas deliciosas ,onde nos ensinam maravilhosas receitas saudáveis, esta receita foi a primeira que me despertou logo porque além de ser uma boa sugestão para vos apresentar ainda como marmita para levar é uma refeição vegetariana ao qual eu nos últimos tempos tenho degustado e tenho gostado cada vez mais.

Esta refeição é um exemplo de uma marmita que podemos levar para o trabalho existem muitas mais, mas resolvi fazer esta pois sei que muitas pessoas no trabalho não tem local onde comer ou não tem onde aquecer.

É bom confeccionar refeições destas, saborear e sentir que as comemos com prazer!

Esta refeição é ótima tanto quente como fria (=



Ingredientes (Para 4 Pessoas)

200g de quinoa
1 c. (sopa) de sal
1 ramo de mangericao
1 cebola
1/2 pimento vermelho
4 c. (sopa) de farinha de mandioca
pimenta q.b
2 c. (sopa) azeite
4 pães sandwich thins (usei este)
alface
tomate 

Confecção

  1. Leve ao lume um tacho com água abundante e sal, quando ferver juntar a quinoa, mexer e deixar cozinhar durante 20 min, escorrer e deixar arrefecer.
  2. Colocar a quinoa numa tigela e juntar o manjericão.
  3. Descascar e picar a cebola e o pimento cortado aos cubinhos. 
  4. Juntar à quinoa a cebola o pimento e adicionar a farinha de mandioca.
  5. Temperar com pimenta e retificar de sal se achar necessário e misturar muito bem até ficar uma mistura moldável.
  6. Com ajuda de um círculo própio moldar os hambúrgueres.
  7. Leve ao lume numa frigideira anti-aderente com o azeite e um fio de água, juntar os hambúrgueres e deixar cozinhar em lume brando até ficarem douradinhos de ambos os lados.
  8. Retire-os e sirva no pão com as folhas de alface e as rodelas de tomate.

Sugestão
Podem servir  os hambúrgueres apenas com uma salada de alface, tomate, rucula em vez de comer no pão.



quarta-feira, 26 de novembro de 2014

Crepes S/ (Farinha) Recheados com Atum



Existem algumas receitas que faço e que muitas vezes não tenho oportunidade de tirar fotografia, onde acabo por apenas tirar fotografia simples e publico apenas na página do Facebook.

Esta receita foi uma das receitas que coloquei e onde  obtive muitos pedidos da mesma.

Mudei o recheio, mas ficou igualmente saboroso e até melhor, mas eu sou suspeita pois adoro atum (*=

Frigideira Anti - Aderente Patrocinada pela - PIREX
A verdade é que é uma receita muito simples, mas as receitas simples por vezes são as mais saborosas.

Desejo de comer um crepe salgado... mas encontram -se numa face de dieta de não consumir hidratos, esta é uma das soluções ideais quem experimenta repete sempre.



Ingredientes (Para 2/3 Pessoas)
4 ovos
3 latas de atum em azeite (La Gondola)
1 cebola
tomate cherry e chili (Guloso)
sementes de sésamo dourado (Margão)
alho moinho (Margão)
2 c (sopa) leite soja
sal q.b
coentros

Confecção
Massa
  1. Bater 4 ovos com uma pita de de sal, leite e as sementes de sésamo.
  2. Numa frigideira anti-aderente pincelar com um pouco de azeite e de seguida ir colocando a massa até formar os crepes
  3. Quando estiverem todos feitos deixar a repousar até ficarem frios
Recheio
  1. Entretanto numa frigideira anti aderente juntar a cebola ás rodelas fininhas e os alhos picados, juntar o atum com o azeite (eu só coloquei o azeite de uma lata)
  2. Deixar cozinhar bem, quando a cebola já estiver cozinhada juntar o tomate, deixar cozinhar mais uns minutos.
  3. Acrecentar os coentros picados, não coloquei sal porque este molho é muito apetitoso e tem um sabor ligeiro a picante é ótimo!
  4. Deixar o recheio arrefecer e depois colocar sobre cada crepe e enrolar.
Sugestão
Acompanhar com uma salada ou esparregado de nabiças.


sábado, 15 de novembro de 2014

Salada de Grão com Filetes de Cavalas e Espinafres


Com a chegada do Outono os dias tem sido chuvosos e muito frios.....

É altura do ano que gosto menos pois saio do trabalho já está de noite e a vontade de chegar a casa é ainda maior.

Á noite como sempre comidas mais leves como por exemplo uma (sopa), mas saladas quentes também são uma ótima opção pois são práticas e simples de se preparar.

Quando inciei a parceria com as conservas de Gandola, uma salada quente teria de ser feita com sabores simples e únicos! E foi assim que esta salada ficou.

Alguns de vós deve estar a pensar hidratos à noite? mas na verdade não devemos cortar nos hidratos à noite?



Existem opiniões diferentes sobre este mesmo assunto mas de acordo com um estudo que li já algum tempo que foi publicado na revista Americas Jounal of Clinical Nutrition, consumir hidratos à noite não é uma opção errada desde que sejam hidratos de carbono de baixo índice glicêmico como por ex: (grão, feijão, lentilhas....etc), proporciona melhores níveis de açúcar no sangue na manhã seguinte.

Isto faz com que na manhã seguinte acordemos com muita mais energia e boa disposição.



Ingredientes (Para 2 Pessoas)

1 cebola
2 dentes de alho
1/2 pimento vermelho
3 latas de filetes de cavalas com azeite e picles (La Gondola)
1 frasco de Grão (Usei do já pré cozinhado)
200g de espinafres (usei dos embalados)
coentros (a gosto)

Confecção
  1. Num tacho dar uma fervura no grão (pouca pois o mesmo já está praticamente cozido), e depois reserva-lo
  2. Numa panela anti aderente juntar a cebola e alhos picados com um fio de azeite e um pouco de água até a cebola ficar macia
  3. Juntar o pimento aos cubinhos e deixar cozinhar
  4. Quando o pimento já estiver cozinhado, juntar as filetes de cavalas, grão, espinafres e por fim os coentros picados
  5. Deixar durante + ou - 2 mint até os espinafres ficarem cozinhados (não deixar muito tempo para o espinafre não ficar espapaçado).
Sugestão

Aproveitar o azeite das filetes de cavalas para juntar a cebola e alhos.
Juntar azeitonas pretas.



Nunca tinha experimentado as Cavalinhas em azeite com Picles da empresa La Gondola mas fiquei adorar! Tem um sabor único com ligeiro sabor a picante, uma autêntica delícia.

quinta-feira, 13 de novembro de 2014

Berinjela Recheada com Carne e Molho Guloso de Cogumelos


Quando recebi os produtos da nova gama qb da marca Guloso e vi  que tinha sido enviado o  molho cogumelos...sorri pois sabia exatamente a receita que iria fazer.

A verdade é que esta é uma receita que faço imensas vezes, mas nunca tive oportunidade de publicar, surgem outras ideias e acabo sempre por não a publicar.


Esta mesma receita tem uma lembrança muito boa para mim, pois foi a primeira receita que fiz "diferente" quando resolvi iniciar a minha reeducação alimentar.




Ao ter experimentado esta receita consegui saborear uma comida saudável com sabor ao qual me deixou deliciada....Com ela consegui a partir desse momento mudar os meus hábitos alimentares levando me até hoje a fazer uma alimentação mais saudável e variada.

É verdade! Não conhecia berinjela, courgette, nas minhas alimentações nunca tinham entrado.... e quando experimentei, fiquei tal forma apaixonada, que me fez a partir desse momento agarrar na minha imaginação e começar a inovar na cozinha, e até hoje não consigo deixar de experimentar novos sabores saudáveis (=


Ingredientes (Para 2 Pessoas)

500g carne bovino
1 berinjela grande
1 cebola média
2 dentes de alho
molho cogumelos guloso
majericão fresco
50g de queijo magro 
vinho branco qb
água q.b
sal q.b
vinagre q.b
azeite q.b
pimenta cayena margão

Confecção
  1. Cortar a berinjela ao meio, retirar o recheio e coloca-las dentro de água, e vinagre;
  2. Numa panela com água quente mergulhar por 3 mint as beringelas;
  3. Reservar as beringelas;
  4. Á parte nma panela colocar a cebola, alhos picados, azeite, e água;
  5. Quando a cebola e alhos já estiverem cozinhados juntar a carne com a polpa tomate guloso e vinho branco;
  6. Temperar com sal e pimenta e deixar cozinhar;
  7. Ir acrescentando água para não deixar secar por completo;
  8. Por fim acrescentar o magericão picado;
  9.  Rechear as berinjelas, polvilhar com queijo
  10. Levar ao forno até o queijo gratinar e a casca da beringela já estiver completamente cozinhada
Sugestões:

O recheio da berinjela pode juntar à carne, eu desta vez não juntei mas fica muito saboroso.
Se optar por não usar pode sempre congelar para a sopa.


segunda-feira, 10 de novembro de 2014

Parceria com La Gondola




É coma inorme alegria que informo, a todos os que me visitam, da parceria entre Prazeres Saudáveis e a La Gondola.

Esta empresa foi fundada anos 30 por italianos, esta é uma das empresas mais antigas de Portugal no que se trata de conservas. Os seus produtos de excelência são comercializados e reconhecidos pela sua elevada qualidade em inúmeros países, sendo que 95% dos produtos fabricados destinam-se ao mercado de exportação.

Investindo numa nova unidade nos anos 80, a La Gondola decidiu arrojar-se para uma produção de conservas diversificada, com peixe exclusivamente fresco sujeito aos períodos onde o peixe se encontra no seu melhor momento de qualidade e sabor.

As conservas La Gondola são fabricadas pelo método tradicional pré-cozido, com peixe exclusivamente fresco, seguindo criteriosamente a produção por campanha, nas quais o peixe se encontra em condições máximas de qualidade e sabor. A empresa não procura competir com produtos massificados de baixo preço; os peixes são trabalhados manualmente, um a um, sendo a qualidade a principal preocupação.



La Gondola produz e comercializa as suas conservas, tendo uma relação honesta com os seus fornecedores e clientes. Os produtos destinam-se sobretudo ao mercado internacional, razão pela qual exportam 95% da produção para os mais relevantes mercados gourmet (encontrando-se presente em variados países como: Espanha, França, Itália, Bélgica, Alemanha, Inglaterra, Luxemburgo, Irlanda, Dinamarca, Suécia, Finlândia, Estónia, Polónia, Áustria, Chipre, Malta, Grécia, México, EUA, Japão, Brasil, e Canada).

Os produtos La Gondola destinam-se ao mercado Gourmet de segmento elevado e a qualidade dos mesmos é percebível logo na primeira garfada. São realmente produtos excepcionais que merecem o seu lugar no topo deste tipo de mercado.

Para ficarem a saber um pouco mais sobre a empresa e os seus produtos visitem o seu Site e a sua página no facebook.

De seguida vou apresentar-vos mais detalhadamente os produtos  fantásticos que esta empresa comercializa




Sardinhas e Petingas

As sardinhas são tratadas estritamente por campanha, ou seja as sardinhas só são produzidas quando as mesmas atingem um certo grau de gordura, pois só então a carne se torna mais macia e aveludada, obtendo um sabor bem característico e distinto. 

É apenas utilizado o melhor peixe fresco do dia adquirido na lota. O processo de fabrico é o antigo e tradicional pré-cozido, graças ao qual as conservas portuguesas se tornaram mundialmente famosas. No entanto, hoje em dia, este método é raramente empregue pela indústria conserveira nacional. O trabalho de enchimento é sempre feito com duas latas à mesa, ou seja, dentro do melhor ainda é escolhido o melhor para as primeiras marcas mundiais"

Sardinhas em azeite
Sardinhas em azeite com pickles
Sardinhas em tomate e azeite
Sardinhas em azeite e limão
Sardinhas em azeite extra virgem biológico
Sardinhas sem pele e sem espinhas em azeite
Sardinhas em azeite com cravinho
Petingas em escabeche
Petingas em azeite
Petingas em azeite picantes



Filetes de Cavala e Cavalinhas

O mar português tem também cavala de excelente qualidade, razão pela qual a La Gondola se especializou no fabrico desta espécie de peixe, mantendo-se fiel aos processos de fabrico tradicionais, com mão de obra intensiva, o que permite obter a mais elevada qualidade.

Na la Gôndola as cavalas utilizadas são exclusivamente da espécie Scomber Colias que se distingue pela sua carne firme e ligeiramente rosada.

A cavala é essencialmente processada em filetes, aos quais é retirado o sangacho, de modo a que no seu aspecto e paladar se tornem únicos e de excepcional qualidade. 


Cavalinhas em azeite
Filetes de cavala em azeite
Filetes de cavala em azeite com picles 


Atum e Outras Conservas

Atum em azeite
Atum ao natural - Filetes de atum em azeite
Filetes de truta em escabeche
Filetes de truta fumados em azeite
Carapauzinhos e molho de escabeche
Polvo em azeite e alho
Polvo em caldeirada
Lulas em caldeirada


Patés

Os patés La Gôndola são exportados para países tão exigentes como o Japão, Canadá ou Bélgica. O segredo está no fabrico tradicional e artesanal, sem recurso a farinhas ou féculas, aditivos ou aromas. 

Não são usadas farinhas de soja ou fécula de batata como ingrediente.a base da receita é o peixe, e apenas um tipo de peixe por paté. 

Ao peixe fresco é ainda acrescentado algum peixe em conserva, de fabrico próprio, de forma a obter uma pasta mais rica de sabor, consistência e paladar.

Paté de sardinha
Paté de sardinha picante
Paté de atum
Paté de atum picante
Paté de cavala
Paté de cavala picante
Paté de ovas de pescada
Paté de truta com vinho do Porto


Especialidades La Gôndola 

A La Gôndola possui ainda uma gama de especialidades. Dentro dessa gama encontramos as ovas de sardinha, conhecidas como o caviar português, outro produto generalizado na indústria conserveira, tornou-se cada vez mais raro. 

A indústria conserveira portuguesa mudou muito nas últimas décadas. Não só o número de empresas foi drasticamente reduzido como os métodos de produção se alteraram. O tradicional método pré-cozido , antigamente o único método autorizado na indústria nacional conserveira, foi substituído pelo enlatamento em cru. A La Gôndola continua a seguir este método tradicional.

Ovas de sardinha em azeite
Ovas de bacalhau em azeite 

La Gôndola Bio

Conscientes da realidade, a La Gondola valoriza a vida e o seu ciclo natural; desta forma criou a linha BIO, naturalmente sustentável.


Sardinhas em azeite biológico
Atum em azeite biológico
Filetes de cavala em azeite biológico




O meu muito obrigado por toda atenção que tiveram e pelos produtos fantásticos que me enviaram.
É com produtos desta alta qualidade que o blogue Prazeres Saudáveis consegue apresentar receitas com ainda mais qualidade.