quarta-feira, 6 de dezembro de 2017

Importância da Vitamina D no nosso Organismo na Perda de Peso


Ontem discutimos no meu grupo do facebook aqui aqui sobre o tema A Importância da Vitamina D no nosso organismo tanto na perda de peso como em outros aspectos.....
Hoje venho falar e esclarecer mais sobre a mesma, do pouco que sei e procuro saber da mesma.



Muitas pessoas não sabem, mas a vitamina D ajuda a perder peso. Esse nutriente é essencial para o corpo, pois auxilia o organismo em muitas de suas funções essenciais.
Este nutriente pode ser encontrado em diversos  alimentos e suplementos. No entanto, a principal forma de obtenção desta vitamina em determinadas alturas do ano é precisamente a exposição à radiação ultravioleta: cerca de 10 minutos ao sol ajuda a produzir vitamina D suficiente. 

Contudo, a exposição solar quase sempre é insuficiente nomeadamente durante o inverno.

A vitamina D tem múltiplos papéis no nosso corpo, ajudando a:
  • Manter a saúde dos ossos e dentes.
  • Essencial na gravidez, para poder envitar aborto 
  • Apoiar a saúde do sistema imunológico, cérebro e sistema nervoso.
  • Regular os níveis de insulina e ajuda na gestão da diabetes.
  • Apoiar a função pulmonar e a saúde cardiovascular.
  • Influenciar a expressão de genes envolvidos no desenvolvimento do cancro.
Que sinais podemos ter, para saber  se temos falta de Vitamina D?
  1. Ficar doente e apanhar infecções com frequência - A vitamina D desempenha um papel importante na função imune. Um dos sintomas mais comuns de deficiência é um aumento no risco de doenças ou infecções. 
  2.  Fadiga e Cansaço -  Fadiga excessiva e cansaço podem assinalar  sim a deficiência de vitamina D, caso seja o caso devemos sim tomar suplemento de Vitamina D no qual pode  ajudar a melhorar os níveis de energia. 
  3. Depressão - Estudos revelaram que a depressão está associada a níveis baixos de vitamina D e alguns estudos descobriram que ao fazermos suplementação melhora o humor.
Falando em mim e  agora que sei que tenho falta de vitamina D, no qual me foi visto em análises pedidas pela minha nutricionista Funcional, e desde que tomo medicação se me perguntarem se notei diferença? Sim!Nesta altura do ano já estaria doente, constantemente.... e ainda não estive.
Sempre me senti muito cansada, mesmo até quando retirei o glúten da minha alimentação por pensar que poderia ser um dos aspetos. 

A vitamina D apresenta também um papel muito importante na PERDA DE PESO uma vez que acelera o noss metabolismo da gordura e ajuda o organismo a produzir mais leptina, a substância da nossa saciedade.....

TEM ANSIEDADE? POR VEZES É GULA OK! MAS MAIOR PARTE DAS VEZES É ESTE DÉFICE DE VITAMINA D QUE PROVOCA A FALTA DE SACIEDADE NO QUE COMEMOS.....

Eu tenho a minha VITAMINA D muito baixa e desde que a tomo perco peso com muita mais facilidade e a ansiedade e o não ficar satisfeita com o que comia acabou 

Estudos comprovam podem ver na Internet, existe imansa informação onde se pode concluir que a ingestão de vitamina D durante um programa de perda de peso ajudou bastante a perder mais peso comparativamente aos casos onde não existe suplementação, principalmente onde existia previamente uma deficiência destes micronutrientes.....

Eu ando numa nutricionista funcional (são nutricionistas que além de nos ajudar a reeducar, fazem testes escritos e com análises para conhecer melhor cada caso e cada pessoa).

Podem falar sobre este assunto com um médico de família, dependendo do médico que seja vão provavelmente conseguir ajudar neste assunto também e receitando o suplemento.

NÃO aconselho a comprarem sem terem um acompanhamento de um profissional, não devemos fazer isso no meu ver:)

Pesquisas em:
https://flaviopassos.com
http://www.vidaativa.pt
www.doutornature.com

terça-feira, 28 de novembro de 2017

Bolachas de Chocolate com Manteiga de Amendoim e um Amor para Toda a Vida




As Bolachas ainda continuam a ser um grande problema na alimentação de muitas pessoas.

Infelizmente os portugueses continuam a consumir em grandes quantidades sem noção da quantidade de açucares e gorduras que elas contêm.

Ainda temos incutido que as bolachas de água e sal ou as famosas bolachas de leite (Maria), são as mais saudáveis, no entanto, até estas tem quantidade elevadas de manteiga, deixando assim o termo “saudável”, pouco enquadrado.

Lamentavelmente, não existem bolachas verdadeiramente saudáveis nos supermercados devido ao excesso de manteiga e açucares que elas possuem.

Por norma as minhas bolachas são feitas em casa ou então substituo por tortilhas de milho ou arroz ou por vezes as marinhais de chia, que adoro!

Confesso que pessoalmente nunca fui fã de bolachas, nunca substituiria um pão por bolachas.

Quanto tinha os meus famosos 112kg, em minha casa não ligávamos a petiscos ou doces, os nossos hábitos alimentares passavam pela comida cozinhada em grandes porções (risos).


Falando agora do amor para toda a vida…. <3

Quando tenho em minha casa a M, para quem não sabe a M é a  minha filha de coração, uma criança linda e dócil.

Quando a conheci, tinha apenas um aninho e meio, tive algum receio, era uma aventura para o qual eu nunca pensei estar preparada com apenas 22 anos, mas o amor e a alegria que esta criança trouxe há minha vida é mágico, e não trocaria momento nenhum que passei e passo junto dela e por isso mesmo ela hoje é o meu tesouro, o meu mais que tudo.

Sei que não sou a sua mãe, mas isso nem sempre é o mais importante, ao fim de 5 anos, vejo-a como minha, e trato-a como tal, quero o melhor para a M e tento educa-la e guia-la com os valores que me foram passados pela minha avó, para que um dia seja uma grande mulher.
“-Vanessa, o que é o amor?

– Perguntou-me a M, quando tinha 3 anos.
– O amor, meu anjo? É quando gostamos muito, muito, muito de alguém e sentimos uma dor muito forte no nosso coração! – Respondi à M. Depois de pensar um bocadinho sobre a resposta que lhe dei, a M respondeu:

– Hummm!! Agora entendo Vanessa… Por isso é que quando me deste um abracinho ontem à noite antes de eu dormir, me doeu o coração, era o amor não era Vanessa?
Perante esta resposta apenas assenti e dei-lhe um forte abraço <3 As crianças são realmente incríveis.” 

Aos domingos tento sempre realizar uma atividade diferente com a M, mas este fim de semana ela escolheu fazer bolachas.
A M pede a Vanessa obedece :)

Receita: Esta receita foi adaptada através da receita do blogue Sweet Gula, receita original aqui.





Ingredientes (Aproximadamente 25 bolachas)
1 ovo
80g de açúcar de coco (usei da Iswari)
150 g de manteiga de amendoim (usei da eunutrion)
120 g de farinha de espelta integral (usei a bio do Aldi)
100 g de chocolate negro partido em pedaços
2 c. (sopa) de leite (usei da shoyce de quinoa)
1 pitada de sal
Confecção Tradicional
Na batedeira juntar a manteiga com o açúcar, e bater muito bem. Junte o ovo, e o leite à mistura e misture tudo até tudo incorporar bem. Juntar a farinha e bater novamente.
Juntar o chocolate e o sal e envolva tudo com uma colher de pau.
Moldar cerca de 25 bolinhas com a massa e fazer com a mão o molde das bolachas, depois distribuir por 1  tabuleiro com papel vegetal as bolachas.
Leve o tabuleiro ao frigorífico por 30 minutos, para fortalecer a forma das bolachas (não convém saltar este passo)!
Pré-aquecer o forno a 180ºC e depois colocar a cozer as bolachas por 10 a 15 minutos.

Confecção Bimby
Coloque todos os ingredientes no copo, com a excepção do chocolate e programe (15seg/vel 6).
Adicionar o chocolate e envolver bem com a ajuda da espátula. 
Moldar cerca de 25 bolinhas com a massa e fazer com a mão o molde das bolachas, depois distribuir por 1  tabuleiro com papel vegetal as bolachas.

Levar o tabuleiro ao frigorífico por 30 minutos, para fortalecer a forma das bolachas (não convém saltar este passo)!
Pré-aquecer o forno a 180ºC e depois colocar a cozer as bolachas por 10 a 15 minutos.

segunda-feira, 25 de setembro de 2017

Tarte de Quinoa com Curgete, Requeijão e Tomate Cherry








Não existe nada melhor quando cozinhamos com amor...
Quando cozinhamos com amor, as receitas saem sempre tão saborosas.....
Sempre achei e acho que devemos aprender a variar a nossa alimentação, quando fazemos receitas com alimentos diferentes como é o caso da quinoa faz com que consigamos aprender a gostar deles.

A quinoa é um cereal que quando olhamos para ele apenas vemos um cereal simples e pensamos para que será isto? o que poderei fazer com isto?


Quinoa é um hidrato de carbono de absorção lenta, este cereal é de uma riqueza nutricional incrível!
E sendo ele de uma riqueza incrível está presente na minha alimentação sempre!


Existem alimentos bem mais nutritivos para a nossa saúde e experimentando e gostando é meio caminho para conseguirmos ter uma alimentação mais equilibrada, retirando assim alimentos que não nos fazem falta nenhuma na nossa vida.

A Quinoa é rica em fibra fazermos um um consumo alimentar diário de fibra, ajuda a manter estáveis os níveis de glicémia (açúcar) no sangue, é boa para o colesterol, controla o apetite e é benéfico para o trânsito intestinal”.
O facto de ficarmos sem fome durante muito tempo é um dos principais aspeto que tornam a quinoa uma boa fonte de alimento para quem está de dieta, porque assim conseguimos ficar mais cheios e saciados durante mais tempo.



Não tem glúten a quinoa é uma excelente opção para quem sofre de intolerância ao glúten ou até para aquelas pessoas que não são intolerantes mas sentem desconforto após comer alimentos com glúten.




Ingredientes (Para 6 Pessoas)
250g quinoa
6 ovos
1/2 chávena de queijo parmesão magro ralado
1 curgete média
150g de tomate cherry
175g de requeijão magro
200ml de natas de soja light
sal q.b (usei necton)
pimenta q.b (usei margão)
mangericão picado
Confecção Tradicional
  1. Comece por preparar a base, cozinhe a quinoa conforme as instruções da embalagem, a que usei era o dobro em água da quantidade de quinoa usada.
  2. Quando estiver cozida, coloque de parte e escorra muito bem e deixe arrefecer.
  3. Quando já estiver fria, junte o queijo parmessão e dois ovos batidos, bater bem com uma colher de arames e temperar com sal e pimenta.
  4. Forre uma tarteira ou uma forma com a mistura da quinoa fazendo pressão nas laterais para que fique bem espalhada. Levar ao forno a 200ºC por 15 a 20 minutos ou até ficar dourada.
  5.  Enquanto a massa está ao forno, bata os restantes ovos numa taça e junte o requeijão, as natas e a curgete ás rodelas ou meias luas caso seja uma curgette grande. Tempere com sal e pimenta.
  6. Verter o preparado para dentro da uma forma e coloque rodelas de tomate cherry e folhas de mangericão.
  7. Levar ao forno por mais 35 a 40 minutos ou até estar cozinhada.


terça-feira, 12 de setembro de 2017

Emagrecer com Saúde ou Viver em Dietas?



Como sabem já perdi quase 50 quilos, quando iniciei as minhas dietas, no qual aprendi a deixar de o chamar Dietas (Mais à frente vão entender).



A verdade é que cada vez mais existem ; dietas e mais dietas...

Na minha opinião acho que quando iniciamos a nossa perda de peso, tentamos todas as dietas e mais algumas de forma a ver qual conseguimos obter melhores resultados.

Recordo me ainda quando iniciei a minha “dieta”, que no primeiro mês perdi logo 7 kilos! Fiquei fascinada!!!

Nem queria acreditar quando vi menos 7 kilos num mês, como é obvio achei que aquela dieta era a melhor de todas.

Pois é! era uma dieta que não comida absolutamente hidratos nenhuns!

Como é lógico perdi 7 kilos, após alguns meses apesar de o peso já não baixar tanto e fazia o mesmo, continuei a não comer hidratos alguns, achava que era o melhor que podia fazer para perder peso e por esta razão assim o mantinha.

Como era de esperar após alguns meses perdi bastante peso, mas ganhei 5 grandes problemas!
1º Já ninguém me aturava, andava sempre irritada;
2º Tonturas constantes;
3º Não conseguia dormir;
4º Fazer desporto nem pensar eu nem energia tinha para pensar quanto mais para treinar.
5º Tristeza constante….
Pois é! Após 4 meses tinha perdido 25 kilos, mas a tortura era tanta que só me apetecia chorar todos os dias…

Bem, durante este tempo, apesar da dieta que fazia, eu continua sempre à procura de algo diferente e melhor, talvez a dieta milagrosa que sempre acreditamos que existe não é?

Pois bem, após estes meses que hoje posso chamar tortura, li tanto sobre dietas, que  chegou o dia que se fez luz na minha vida.

Esta luz fez me pensar e após tanta leitura já feita sobre nutrição, decidi que Dieta era a palavra errada na minha vida!

O que eu precisava mesmo era de reeducar a minha alimentação, aprendendo a comer com a mesma vontade que comia quando comia apenas comida errada.
(bla bla bla) é o que estás a pensar não é? Reeducar, prazer?

É altura em que algumas pessoas estão a ler isto e dizem prazer? Onde comer legumes é um prazer? Onde não comer bolos é bom?

Pois é, é  ai mesmo que entra a palavra reeducação alimentar!

Reeducação alimentar a palavra que mais uso hoje em dia, a palavra que me ajudou nesta minha luta contra o meu excesso de peso.

Aprendi a reeducar a minha alimentação e ai sim perdia peso com gosto, sentia me bem comigo própria, andava bem disposta, sorridente e com energia.

Segredo para perder peso para sempre é aprendermos a comer!

Não adianta fazer a dieta do ovo, dieta do grupo sanguíneo , dieta do PH… se não soubermos comer!

Em primeiro lugar temos de aprender a comer! Foi o que eu fiz!

Quando aprendemos a comer, criando assim hábitos saudáveis, como escolher os alimentos que nos fazem sentir melhor, aprendo a colocar alimentos de parte, pois percebemos que os mesmos não fazem qualquer significado consumirmos ,isso sim é importante! Isto sim é aprender a comer para a vida.

Parece mentira, mas os hábitos saudáveis são treinados, o nosso paladar é treinado….

Primeiro passo que devemos fazer é começar a confecionar alimentos de forma diferente.

A verdade é que se pouco a pouco começarmos a não comer alimentos que comíamos, começamos a deixar de ter vontade de os comer, tal como se começarmos introduzir alimentos que não comíamos, se os comermos com mais frequência, começamos a não conseguir passar sem eles.

Eu por exemplo adorava bolachas, assim que aprendi a ler o rótulo de alimentos e verificava que apenas uma bolacha podia ter entre 6g ou mais de açúcar, fiquei tão assustada que não as quis mais na minha vida.

Com isto, o que vós quero transmitir é que não procurem dietas milagrosas e dietas da moda procurem sim algum profissional de saúde que vós ajude a reeducar a vossa alimentação consoante a vossa vida, e consoante o vosso gosto alimentar!

Como é lógico podem sempre seguir regimes alimentares diferentes! Existem pessoas com intolerâncias alimentares, outras que até podem não ser intolerantes mas tem sintomas já visíveis e que provocam desconforto! Eu por exemplo com o leite…

Seja como for, nunca se esqueçam que uma alimentação equilibrada é um fator importante para conseguirmos ter uma melhor saúde.


Sejam felizes, sejam Saudáveis!


Se quiserem acompanhar o grupo de Emagrecer com Saúde que criei , basta clicarem no link do grupo! :)

terça-feira, 5 de setembro de 2017

Restaurante Paços da Rainha (Hotel Termas Spa em Monte Real)



Cada localidade que visitamos pelo nosso pais lindo em que vivemos, uma das coisas que nunca podemos deixar de fazer é  experimentar a deliciosa gastronomia de cada localidade que visitamos.
Estivemos hospedados no Hotel Termas Spa em Monte Real, o hotel tem uma decoração moderna, o Hotel é lindo lindo mesmo! Um espaço no qual adoramos bastante de passar um fim de semana, queremos muito voltar outra altura para podermos usufruir de muito mais que o hotel nos disponibiliza.

Decidimos jantar no Hotel, sendo um dos Restaurante mais recomendados em Monte Real, não podíamos deixar de poder visitar este espaço, e provar os deliciosas pratos feitos pelo Chef Paulo Monteiro.

Como as imagens valem mais que mil palavras deixo os pratos fantásticos que tivemos o gosto de degustar neste incrivel retaurante.



Mesa de Queijos e chouriços (Uma tentação mesmo!)

Mesa de Saladas

Mesa de Saladas Frias e de algumas tentações! :)

Entrada - (Salada de Tomate Cherry, Rucula e Beterraba com queijo mozarella)

Prato Principal - (Lombo de Salmão com Molho de Camarão e Juliana de Legumes)

Prato Principal - (Lombo de Salmão com Molho de Camarão e Juliana de Legumes)

Sobremesas e Fruta ;)O meu muito obrigada a todo os colaboradores do hotel e do restaurante por nos terem proporcionado um fim de semana fantástico! :)

quinta-feira, 8 de junho de 2017

Bio-Oi - Solução para Estrias, Cicatrizes e Manchas na Pele




Fui convidada a experimentar este tão famoso óleo Bio – Oil. Claro que com tantos comentários positivos  já testados e reais adorei ter esta oportunidade de o poder experimentar.

Para quem não conhece Bio-Oil é um óleo nascido na África do Sul, um óleo tão falado, especializado em cuidados da pele. É um óleo que previne e atenua estrias, melhora o aspecto das cicatrizes e manchas da pele, assim como é também eficaz no tratamento da pele envelhecida, sendo ainda um excelente hidratante.

Com 309 prémios de cuidados para a pele, Bio-Oil já conquistou o nº1 de vendas em produtos para estrias e cicatrizes em mais de 20 países desde o seu lançamento global em 2002. Em Portugal é o produto “Escolha do consumidor” 2016 na categoria de anti estrias.

Bio-Oil é produzido em conformidade com as BPF – Boas Práticas de Fabrico e tem um certificado de “Beauty without Cruelty”: não são feitos testes em animais e nenhum dos ingredientes é de origem animal.

 Como e onde podemos aplicar Bio-Oil
  • Bio-Oil pode ser aplicado no corpo e na cara.
  • Devemos massajar a área pretendida, com movimentos circulares, até à absorção totaldo óleo.
  • Deve ser aplicado 2x vezes por dia, durante um período mínimo de 3 meses.
  • Não devemos aplicar sobre feridas abertas e em cicatrização.
  • Para mulheres grávidas, é recomendado a aplicação a partir do início do segundo trimestre nas áreas propensas ao aparecimento de estrias, como os seios, parte inferior das costas, abdómen, nádegas, quadris e coxas.
Com Resultados Clinicamente Comprovados

Bio-Oil é um produto certificado com resultados clinicamente comprovados conforme já referi acima. A percentagem de mulheres satisfeitas e que registou uma melhoria significativa da sua pele é bastante elevada.

  • 92% das mulheres notou uma melhoria da aparência das cicatrizes ao fim de 8 semanas de aplicação
  • 100% do universo feminino ficou satisfeito com os resultados de Bio-Oil® na redução da aparência de estrias, após 8 semanas de aplicação.
  • 93% notaram melhorias nas marcas de pigmentação, ao fim de 6 semanas.


Este óleo está no mercado à venda em farmácias e parafarmácias e existem agora três formatos com a embalagem de 60ml (p.v.p 11,99€), outra de 125ml (p.v.p 19,99€) e a mais recente novidade de 200ml (p.v.p 29,99€).


Depois irei dar o meu testemunho após tratamento que estou a fazer com o mesmo, até lá se quiserem experimentar este fantástico produto podem consultar na seguinte imagem o mesmo :)

segunda-feira, 5 de junho de 2017

Dietas? Ou Reeducação Alimentar?




Como sabem já perdi quase 50 quilos, infelizmente o ano passado devido a um imprevisto de saúde engordei 15 quilos, tudo está a correr bem e esse peso rápido rápido irá à vida :)

Neste artigo vou falar um pouco de mim sobre como foi comigo quando inicie a Dieta, no qual hoje lhe chamo reeducação alimentar.

Aproveito para vôs dizer que criei o meu grupo no Facebook, é um grupo privado onde partilhamos receitas, sugestões e onde nos ajudamos umas às outras, sem julgamentos! Se quiserem participar é (Emagrecer com Saúde).


Pois bem, quando iniciei as minhas dietas, no qual aprendi a deixar de o chamar Dietas (Mais à frente vão entender).
A verdade é que cada vez mais existem dietas e mais dietas, umas sem glúten outras sem hidratos etc…

Na minha opinião acho que quando iniciamos a nossa perda de peso, tentamos todas as dietas e mais algumas de forma a ver qual conseguimos obter melhores resultados.
Recordo me ainda quando iniciei a minha “dieta”, que no primeiro mês perdi logo 7 kilos! Fiquei fascinada!!!

Nem queria acreditar quando vi menos 7 kilos num mês, como é obvio achei que aquela dieta era a melhor de todas.
Pois é! era uma dieta que não comida absolutamente hidratos nenhuns!
Como é lógico perdi 7 kilos, após alguns meses apesar de o peso já não baixar tanto e fazia o mesmo, continuei a não comer hidratos alguns, achava que era o melhor que podia fazer para perder peso e por esta razão assim o mantinha.

Como era de esperar após alguns meses perdi bastante peso, mas ganhei 5 grandes problemas!
1º Já ninguém me aturava, andava sempre irritada;
2º Tonturas constantes;
3º Não conseguia dormir;
4º Fazer desporto nem pensar eu nem energia tinha para pensar quanto mais para treinar.
5º Tristeza constante….
Pois é! Após 4 meses tinha perdido 20 kilos, mas a tortura era tanta que só me apetecia chorar todos os dias…


Durante este tempo, todos os dias procura algo diferente e melhor que me podesse ajudar a perder ainda mais peso, talvez a dieta milagrosa que sempre acreditamos que existe não é? Pois bem, após estes meses que hoje posso chamar tortura da dieta que fazia, li tanto sobre dietas, que  chegou o dia que se fez luz na minha vida.
Esta luz fez me pensar e após tanta leitura já feita sobre nutrição, decidi que Dieta era a palavra errada na minha vida!

O que eu precisava mesmo era de reeducar a minha alimentação, aprendendo a comer com a mesma vontade que comia quando comia só porcarias.

Pois é, é  ai mesmo que entra a palavra reeducação alimentar!
Reeducação alimentar ´é a palavra que mais uso hoje em dia, a palavra que me ajudou nesta minha luta contra o meu excesso de peso.Aprendi a reeducar a minha alimentação e ai sim perdia peso com gosto, sentia me bem comigo própria, andava bem disposta, sorridente e com energia e isso sim era importante.

Segredo para perder peso para sempre é aprendermos a comer!
Não adianta fazer a dieta do ovo, dieta do grupo sanguíneo a dieta sem glúten se não soubermos comer!

Em primeiro lugar temos de aprender a comer! Foi o que eu fiz!
Quando aprendemos a comer, criando assim hábitos saudáveis, como escolher os alimentos que nos fazem sentir melhor, aprendo a colocar alimentos de parte, pois percebemos que os mesmos não fazem qualquer significado consumirmos ,isso sim é importante! Isto sim é aprender a comer para a vida.

Parece mentira, mas os hábitos saudáveis são treinados, o nosso paladar é treinado….
Primeiro passo que devemos fazer é começar a confeccionar alimentos de forma diferente, para que assim não enjoemos ao comermos sempre o mesmo.

Pouco a pouco ao deixarmos de comer alimentos que não nos fazem tão bem, começamos a deixar de ter vontade de os consumir! Assim como se começarmos introduzir alimentos que não comíamos, se os comermos com mais frequência, começamos a não conseguir passar sem eles ;)


Por exemplo as bolachas! Eu toda a minha vida comi bolachas, assim que aprendi a ler o rótulo de alimentos e verificava que apenas uma bolacha podia ter entre 6g ou mais de açúcar, fiquei tão assustada que nunca mais as comprei!

Com isto, o que  quero transmitir é que não procurem dietas milagrosas e dietas da moda procurem sim algum profissional de saúde que vos ajude a reeducar a vossa alimentação consoante a vossa vida, e consoante o vosso gosto alimentar!

Como é lógico podem sempre seguir regimes alimentares diferentes! Existem pessoas com intolerâncias alimentares, outras que até podem não ser intolerantes mas tem sintomas já visíveis e que provocam desconforto! Eu por exemplo com o leite…
Seja como for, nunca se esqueçam que uma alimentação equilibrada é um factor importante para conseguirmos ter uma melhor saúde.


Sejam felizes, sejam Saudáveis!



Um grande beijinho e um sorriso

Vanessa Silva